14 de mar de 2010

"Duas dúzias de coisinhas a toa que deixam a gente feliz"

Autor: Otavio roth

"Pintinho saindo do ovo
comecar caderno novo
alegria do meu povo
espaguete ao dente
um pe de meia quente
melancia sem semente
acordar com cafune
vista pela chamine
estalar os dedos do pe
queijinhos vindo da franca
menina loura com tranca
dom quixote e sancho panca
barquinho na enxurrada
queijo com goiabada
beijinhos na namorada
joaninha no nariz
fazer um amigo feliz
respingo de chafariz
estrelinha piscando no ceu
melar o dedo no mel
abrir clipe de papel
alguem sempre por perto
um saco de bombom aberto
uma rima que deu certo."


Além de muitas coisas que me deixam feliz, hoje no Dia da Poesia, há 19 anos  nasceu meu filho Eduardo.
Parabéns Eduardo! Muitas felicidades e Saúde...

2 comentários:

Maristela Mafort disse...

Oi Érika... que gostosura de ler este poema!!!
Outra coisa que deixa a gente feliz é passar por aqui e saber das novidades e aprender sempre mais.
Bjs

kelma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.